Facebook
Twitter
Twitter
Google +
Home  |  Quem Somos  |  Editoriais  |  Classificados  |  Clube do Assinante  |  Fale Conosco
Ed. 462 de 15 de maio
Publicidade legal
02/10/2016 às 16:55
Paranaguá: Vacinação contra a dengue alcançou mais de 51 mil cidadãos
Das 91.318 doses disponibilizadas pelo Estado, 51.092 foram aplicadas nos cidadãos, atingindo 55% da população-alvo da vacina, superando a média em todo o Estado, onde 32% do público-alvo foi vacinado.

Nesta semana, após finalização da vacinação contra a dengue no dia 24 de setembro, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgou balanço geral da campanha no Paraná e em Paranaguá. Seguindo determinação da Sesa, um total de 51.092 parnanguaras com idade entre nove a 44 anos, onze meses e 29 dias, foram vacinados contra a doença. Durante mais de um mês, ao lado do Estado, a Prefeitura de Paranaguá realizou intensa programação para que as vacinas fossem disponibilizadas a todos os parnanguaras, levando as doses não só para o Centro de Referência da Dengue e nove unidades de saúde em inúmeros bairros, como também para o Terminal Urbano, Feira da Lua no Aeroparque e Praça dos Leões, escolas municipais e estabelecimentos comerciais, com uma intensa campanha de divulgação nos veículos de comunicação. 

A vacina reduz em 65% as chances de contrair a doença, bem como em mais de 90% a possibilidade de hospitalização decorrente da dengue, diminuindo drasticamente as chances de internação e de quadro grave da dengue, bem como a incidência viral da doença entre os munícipes.

Ao todo, cerca de 55% da população-alvo de Paranaguá foi vacinada, ou seja, das 91.318 doses disponibilizadas pelo Estado, 51.092 foram aplicadas nos cidadãos. Os munícipes que tomaram a primeira dose da vacina, deverão tomar a segunda dose daqui a seis meses e a última dose daqui a cerca de um ano. Os cidadãos que não tomaram a primeira dose não poderão receber a segunda e terceira dose da vacina contra a dengue. 

A campanha de vacinação contra a dengue no Paraná, que começou no dia 13 de agosto e tinha data final marcada para 04 de setembro, chegou a ser prorrogada uma vez até o último dia 24 de setembro. Apesar de todo o esforço da Sesa, em todo o estado, 190 mil pessoas foram imunizadas contra a dengue, algo que representa 32% do público-alvo estipulado para receber a vacina. Paranaguá superou a média estadual, atingindo 55% da população-alvo da vacinação. 

As vacinas foram concedidas pelo Governo do Estado, por meio da Sesa e 1ª Regional de Saúde, com aplicação que foi realizada nos munícipes por parte dos profissionais de saúde da Prefeitura, nas unidades de saúde e na própria sede da Semsa, entre outros locais-extras determinados para que a vacina chegasse ainda mais perto da população.

A vacina é aprovada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, bem como já foi testada por mais de 20 anos pelo laboratório fabricante antes de chegar aos pacientes. Seguindo determinação do laboratório fabricante, a Sesa determinou este prazo e a faixa etária para ser vacinada, visto que foi esta a idade-alvo mais afetada pela dengue durante a epidemia, bem como a faixa etária onde a vacina é mais efetiva.

Além da vacinação, a prevenção contra o Aedes Aegypti deve continuar, com eliminação de possíveis criadouros por parte dos munícipes de forma constante. Nesse sentido, a Prefeitura ressalta que, além da vacinação, continua trabalhando constantemente com seus funcionários e equipamentos no trabalho de limpeza na eliminação de possíveis criadouros do Aedes Aegypti em logradouros públicos, bem como nos seus prédios públicos. Além disso, uma empresa multinacional já iniciou a construção de um laboratório que reproduzirá mosquitos estéreis do Aedes Aegypti que em cerca de seis meses devem reduzir em cerca de 90% a proliferação dos mosquitos transmissores da dengue, Zika vírus e chikungunya.

A vacinação foi realizada de forma simplificada para toda a população-alvo da campanha, sendo necessário que os munícipes comparecessem aos locais de vacinação com carteira de identidade e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) ou Cartão Nacional de Vacinação, com aplicação totalmente gratuita. Cidadãos que receberam a vacina, já na aplicação da dose passaram a estar imunizados contra a dengue. 



 

Últimas Notícias
PUBLICIDADE
Publicidade Jornal dos Bairros | Informação com Resultado
Cinema
A Bela e a Fera
Cinema
Kong: A Ilha da Caveira
Cinema
Logan
COLUNISTAS
Notícias mais lidas
Publicidade Jornal dos Bairros | Informação com Resultado